Paróquia Santa Rita de Cássia - Campo Grande-MS.

UM POUCO DA HISTÓRIA DA COMUNIDADE...

SÃO CRISTÓVÃO – 1977 A 1992

 

             Queridos amigos e amigas da Comunidade de SÃO CRISTÓVÃO, aqui está um pouquinho da história da comunidade. Não foi possível escrever toda a história da comunidade, pois algumas anotações se perderam no tempo. Essa parte da história é a partir de 1977 a 1992, quando da participação de JOÃO BATISTA DE SANTANA na Comunidade de São Cristóvão. Estou ciente de que aqui na Comunidade há outras pessoas capacitadas para completar e continuar esta história, vivida com muito amor e dedicação a Deus.

                   Em 1977 a Comunidade pertencia a Paróquia Santo Antônio, não tínhamos um local para as nossas celebrações. As missas eram celebradas no Colégio Flora Guimarães. A pedido da comunidade as celebrações foram transferidas para as residências das famílias participantes. Após várias celebrações em famílias a comunidade decidiu que as celebrações deveriam ser realizadas em um único local para melhor acesso da comunidade. O local escolhido foi a casa do João Batista de Santana em frente a atual Capela de São Cristóvão. Após uma temporada a comunidade cresceu e a casa do João Batista tornou-se pequena para acolher a todos e novamente retornamos a celebrar no Colégio Flora Guimarães para uma melhor comodidade de todos. Nesse período participavam conosco os Padres Genésio, Augusto e Carlos. Os jovens sentiram a necessidade de formar um Grupo de Jovens Cristão e no dia 19 de junho de 1982 reuniu-se alguns jovens no Colégio Flora Guimarães e formaram um Grupo de Jovens Cristão, o qual deu-se o nome de JUSMEC-Juventude Unida seguindo a Mensagem Evangélica de Cristo. Após votação para formação da coordenação do grupo ficou assim constituída: Coordenador-João Batista de Santana, secretária-Regina Claudia Rosa de Araújo. No dia 13 de novembro de 1983, aconteceu o primeiro grande momento do grupo de jovens, onde se realizou o sorteio do amigo oculto com a presença de 35 meninas e 26 meninos. No dia 08 de abril de 1984, a comunidade reuniu-se no Colégio para formar o seu Conselho. estiveram presentes 38 pessoas maiores de 16 anos. após a votação o conselho ficou assim constituído: Presidente-João Batista de Santana-14 votos; Vice-Presidente-Nelson Pereira-10 votos; Secretário-Urbano Pereira-10 votos; Tesoureiro-José Donizete-09 votos. Uma da maiores dificuldades que a comunidade encontrava era o local para realização de suas promoções. O conselho decidiu realizar uma promoção para adquirir um terreno para a construção do salão da comunidade que seria o salão de São Cristóvão. após reunião decidiu-se realizar a festa do Padroeiro no dia 28 de julho de 1984, as 19 horas no clube Recreativo da Coca-cola-GRELAC, na Vila Pioneira. O ofício autorizando os jovens João Batista e Izabel Cristina e Urbano Pereira a arrecadarem donativos para a festa foi assinado pelo Padre Augusto Martins de Barros coordenador da Pastoral da Juventude da Paróquia Santo Antônio e com autorização dos Padres Carlos Amarante Machado, Senito Durigon e Genuir Marmentini. No dia 20 de junho de 1984, o grupo de Jovens completou o segundo aniversário e com o apoio da comunidade realizou o 1º torneio de futebol feminino de futebol de salão em homenagem ao aniversário do grupo. Estiveram presentes três equipes da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e duas equipes da Comunidade Santa Rita de Cássia, com a presença do grupo de Capoeira da Universidade Federal sob a presidência do Senhor Carlos Almir Índio do Brasil, presidente da Academia de Capoeira Iorubá. No dia 27 de abril de 1985 realizou-se no Colégio uma promoção para arrecadar fundos para a comunidade. No dia 30 de agosto e 01 de setembro de 1985 realizou-se uma grande festa no Colégio. No dia 23 de novembro de 1985 outra grande Festa foi realizada no Colégio, e no dia 04 de maio de 1986 o grupo de jovens realizou uma tarde de Integração com as comunidades das Paróquias Santo Antônio, onde aconteceu o 2º torneio de futebol de salão feminino. No dia 2 de agosto de 1986 realizou-se uma grande Festa no colégio animada pelos irmãos Gonçalves, moradores da Comunidade de São Cristóvão. No dia 20 de setembro de 1986 a comunidade realizou a festa da primavera (4º ano consecutivo). No dia 05 de julho de 1986 a comunidade se reuniu para formar o novo conselho. Após votação o conselho ficou assim constituído: Presidente: João Batista de Santana; Coordenadora da Catequese-Sebastiana Candido Cardoso; Representante do Grupo Jovem-Maria Sebastiana Carneiro das Neves; Representante da Bíblia Gente-Laucídio José de Almeida; Representante do Grupo de Mães-Judite Ferreira Araújo; representante do Dízimo-Naíde Gonçalves de Oliveira. No dia 08 de agosto de 1985 realizou-se o grande sonho da comunidade que foi a compra do terreno com uma casa de madeira onde passou a ser o local das celebrações e das promoções, no valor de 4.000,000,00, efetivaram a compra do terreno o João Batista e o Lucien em nome da Diocese de Campo Grande, representada pelo Dom Antônio  Barbosa. No dia 14/03/87, realizamos uma promoção com bingo no Salão da Comunidade. No dia 06 de setembro, realizamos a festa da primavera. No dia 31/05/87 realizamos o encontro de jovens das comunidade da Paróquia Santo Antônio, no colégio sob a coordenação do Pe. Sérgio da Paróquia Santo Antônio, com o tema: “A missão do Cristão dentro e fora da Igreja”. No dia 20 de julho de 1987 realizamos no salão da comunidade a Festa Junina. No dia 12/11/88 realizamos a Festa da Primavera. No dia 13 de maio de 1989 realizamos mais uma Festa na comunidade, e no dia 11/11/89 realizamos a Festa da República. No dia 22/07/89 realizamos a festa do Padroeiro com a coroação da Rainha da Festa. No dia 23/07/88 realizamos a festa do padroeiro com a coroação da Rainha, quando o pároco era o Pe. Gentil da Paróquia Santa Rita. A Procissão iniciou em frente ao colégio Flora Guimarães e após a missa houve a benção dos veículos. Em março de 1988 tivemos as seguintes catequistas: Sebastiana, Solange, José Donizete, Maely Araújo, Clarice Cardozo, Maria Sebastiana, Maria Aparecida. Em 1988 compramos a Imagem de São Cristóvão e pagamos com o dinheiro da festa realizada no dia 23 de julho de 1988. A imagem custou 1.400,000,00 cruzeiros. Na festa do Padroeiro do dia 23/07/88 tivemos as seguintes candidatas a Rainha da Festa: 1º lugar Maely-33.243,00 - 2º lugar Valéria 25.300,00 - 3º lugar Edinéia - 21.843,00 - 4º lugar Ediane 21.543,00. Em 1988 a Solange assumiu a coordenação do Grupo Jovem e a Maely passou a ser a tesoureira da comunidade. Eis aqui alguns dos lemas utilizados pelo grupo de jovens: Unidos venceremos, Unidos seremos fortes, Unidos seremos força da libertação, Unidos jamais seremos vencidos. No dia 24 de março de 1989 (6ª feira santa) realizamos a mais bela encenação da vida e Paixão de Cristo. No ano em que estávamos refletindo o centenário da abolição da Escravatura resolvemos mostrar um Jesus cristo Negro, o qual João Batista fez o papel e aproveitamos que a Igreja celebrava o ano da Mulher e colocamos uma mulher na cruz para representar um dos ladrões ao lado de Jesus na cruz. No dia 22.07.89 realizamos mais uma festa do Padroeiro e a procissão saiu do estacionamento do Morenão. Em dezembro de 1988 a comunidade e o grupo jovem realizou a encenação “presépio vivo” nascimento de Jesus. 28/07/90 realizamos a grande Festa do Padroeiro, o pároco da Paróquia era o Pe. Sérgio. As candidatas a Rainha foram - 1º lugar Claudia 525,25 - 2º lugar Eliane 364,00 - 3º lugar Carmem Eliane 182,20. No dia 30/09/90 realizamos a I gincana bíblica da comunidade. 1ª colocada foi a equipe auxiliadora: Sebastiana e Dona Vera, 2ª colocada foi equipe Paz e Amor, Claudia, Silvana, Marlene; 3ª colocada foi a equipe Esperança, Epifânia, Fátima e Valdonesia. No dia 24 de abril/1991 o Pároco da Paróquia Santa Rita, Pe. Sérgio Luiz Coldebella encaminhou um ofício ao Dom Vitório Pavanello informando que os Padres e Irmãs que trabalham na Paróquia Santa Rita estavam plenamente consciente e apar da necessidade da construção da Capela de São Cristóvão. No dia 1º de maio de 1991 início a tão sonhada capela de São Cristóvão. Iniciamos a construção com o mutirão no dia 01/05/91, estiveram presentes no primeiro mutirão as seguintes pessoas: José Francisco de Matos, João Batista de Santana, Almir da Costa Freitas (prezado), José Borgo, Roberto, Cesar, Ananias, Marcílio, Adriani, Daniel Oliveira Brites, José Moura, Eugênio Espinosa Brites e Everaldo Simioli Furlan. No dia 15 de junho de 1991, fizemos um mutirão para concretagem dos pilares da Capela, participaram 26 pessoas, o almoço foi feito na casa da Dona Dercília. No dia 22 de junho de 1991 fizemos um mutirão para concretagem das marquises, estiveram participando 15 pessoas, o almoço foi feito na casa da Dona Judite do Sr. Paulo. No dia 29 de junho de 1991 fizemos um Mutirão com a participação de 21 pessoas e iniciamos a sentar os primeiros tijolos, o almoço foi feito na casa do Sr. Domingos e da Sr.ª Marinita. No dia 13 de junho de 1991 o Sr. Francisco doou 10 sacos de cimento para a construção. O Sr. Orlando Bianchi doou um Relógio que foi colocado na rifa e rendeu Cr$ 20.000,00. No dia 20 de julho de 1991 o almoço para o pessoal do mutirão foi feito na casa do Sr. Ananias. A Dona Cida e Sr. Leopoldo doaram um caminhão de Pedra. No dia 3 de agosto de 1991 o Sr. Orlando Coelho doou 10.000,00 para a construção. O maior mutirão aconteceu no dia 23 de novembro de 1991, quando cobrimos a capela de São Cristóvão e estavam presentes 44 pessoas. No dia 23 de Julho de 1992 iniciamos a semana do Padroeiro e no dia 25/07/92 celebramos a grande Festa do padroeiro, iniciamos a procissão saindo do Posto de Gasolina “Santa Rita de Cássia”, Av. Calógeras com participação do Pe. João. A participação do João Batista nesta comunidade foi até 1992. Espero que essas informações possam ser guardadas no arquivo da comunidade, para que faça parte da história da comunidade de São Cristóvão. Na certeza de que haverá outras pessoas para continuar a história despeço-me desejando a todos uma feliz caminhada e que São Cristóvão e Santa Rita abençoe todos vocês em suas caminhadas que com certeza não será apenas flores, mas valerá a pena lutar por um mundo melhor.

 

                                      Campo Grande-MS., 15 de julho de 1995

João Batista de Santana