Paróquia Santa Rita de Cássia - Campo Grande-MS.

 Atração da Festa de 25 anos da Paróquia Santa Rita, Banda DOM concorre ao maior Prêmio Nacional da Música Católica – Troféu Louvemos o Senhor.

Troféu Louvemos o Senhor 2013 será realizada no dia 22 de Maio com a grande festa de premiação (sendo no dia 19 a entrega dos Prêmios Técnicos e Instrumentais). A DOM, banda católica que fará em 01 de Junho, o Show em comemoração aos 25 anos da criação de nossa paróquia, esta concorrendo ao Troféu, em várias categorias, mostrando assim sua qualidade e coroando o trabalho magistral que vêem desempenhando ao longo dos mais de 12 anos de carreira, especialmente com o ultimo trabalho: O DVD DOM ao Vivo. Que concorre inclusive ao prêmio de DVD do Ano. Após o voto dos jurados, as 27 categorias já tem os nomes indicados, mas foram divulgados apenas aqueles que participarão do “Voto Popular”. Nesta categoria a DOM por seu DVD DOM ao Vivo, concorre à:

MELHOR MÚSICA DO ANO: com O Amor Vai Falar; DVD DO ANO: com Dom Ao Vivo; BAIXISTA DO ANO: com Willian Almeida; BATERISTA DO ANO: com Joel Bertoline.


História:

Nos últimos anos a música católica, por meio dos seus compositores, cantores e músicos, tem saído de dentro das igrejas e ido ao encontro do povo nos meios seculares, mostrando toda a riqueza da cultura, liturgia e o jeito do cristão viver a sua Fé.
“O Troféu Louvemos o Senhor, surgiu com a finalidade de premiar aqueles que estão envolvidos com a música dentro da visão na igreja católica. Artistas que praticam este ofício com excelência e tem se destacado na mídia, evangelizando com música de qualidade”, conta o idealizador do Troféu, Ricardo Mari.
“Nossa intenção é premiar o artista, cantor, músico, compositor, que tem se empenhado em produzir arte musical de qualidade, para evangelizar e animar a igreja dentro dos novos desafios de comunicação da boa nova do Nosso Senhor Jesus Cristo”, aponta o Diretor Musical e Artístico do evento, João Mourão.
Nesta 5ª Edição, uma das novidades é a premiação da música católica produzida no formato DVD, com destaque para os criadores dos projetos gráficos das capas e embalagens de CD´s e DVD´s e, a Personalidade Artística do Ano.
Com isso, a Associação do Senhor Jesus e toda organização do evento tem, cada vez mais, a responsabilidade em produzir e zelar pela qualidade deste evento nacional e mantê-lo no mais alto nível artístico.
A Associação do Senhor Jesus pretende recepcionar nos estúdios os cantores, músicos, compositores e artistas gráficos que tem dignificado este doce ofício de louvar e amar ao nosso Deus, através da música.
Premiação:
Esta edição do Troféu Louvemos o Senhor está dividida em três grupos de categorias para votação: Voto Popular, Voto do Júri e Voto da Comissão Organizadora.
As 27 categorias que compõem o Prêmio Nacional da Música Católica estão divididas em oito campos de premiação:
1) CAMPO POP/ROCK – 6 Categorias
1.1) Interprete Masculino
1.2) Interprete Feminino
1.3) Banda
1.4) Grupo Vocal
1.5) Álbum Rock
1.6) Álbum Pop
2) CAMPO ESPECIAL – 4 Categorias
2.1) Artista Revelação (Cantor ou Cantora)
2.2) Álbum Instrumental
2.3) Álbum Alternativo
2.4) Álbum Independente
3) CAMPO LITÚRGICO – 2 Categorias
3.1) Álbum Litúrgico
3.2) Canção Litúrgica do Ano
4) CAMPO TÉCNICO – 4 Categorias
4.1) Gravação do Ano
4.2) Produtor do Ano
4.3) Arranjador do Ano
4.4) Projeto Gráfico
B) VOTO POPULAR – 10 Categorias
Categorias que receberão votos do público via internet
5) CAMPO DVD – 2 Categorias
5.1) DVD do Ano
5.2) DVD Independente
6) CAMPO GERAL – 4 Categorias
5.1) Música do Ano
5.2) Cantor Destaque do Ano
5.3) Cantora do Ano
5.4) Personalidade Artística do Ano
7) CAMPO INSTRUMENTAL – 4 Categorias
6.1) Guitarrista
6.2) Baixista
6.3) Baterista
6.4) Tecladista 
C) COMISSÃO ORGANIZADORA – 1 Categoria
Categoria votada pela Comissão Organizadora
8) CAMPO HISTÓRICO
8.1) Mérito Especial - ”Prêmio por uma Vida Inteira de Realizações” (Prêmio ao artista que, durante sua vida, deu contribuição criativa de importância artística excepcional no campo da música católica)

Fonte:(http://www.trofeulouvemos.com.br)


 Por:

Dênis Ferraz.

da PASCOM