Paróquia Santa Rita de Cássia - Campo Grande-MS.

ASSEMBLÉIA PASTORAL INTERPAROQUIAL – 2012

PARÓQUIAS PALOTINAS DE CAMPO GRANDE - MS

 Avaliar, planejar para ser melhor!

Aconteceu nos dias 01 e 02 de Dezembro, na Casa de Formação São Vicente Palloti, a Assembleia Interparoquial de Pastoral das Paróquias Palotinas de Campo Grande/2012. Iniciando às 14:15h, com a acolhida das Paróquias e das Pastorais entre elas, os serviços e movimentos. Motivada pela Equipe Inter-paroquial de Liturgia, fizemos a Oração Inicial, a qual nos exortava ser “Sal da Terra e Luz do mundo” (Mc 9,5). Contamos com a presença do Padre Agenor, Missionário Redentorista que falou sobre a Setorização. “Não vou dizer tudo sobre a Setorização até porque eu também não sei, irei falar apenas os aspectos práticos. A Setorização não pode acontecer em nossas comunidades se o reino de Deus não for uma opção pessoal, tendo o Reino de Deus duas dimensões, a 1ª pessoal e a 2ª comunitária. Explicou  Pe. Agenor.

A Igreja chama sem exceção todos para o serviço. É a grande novidade apresentada pelo Concílio Vaticano II. Nossas reuniões, essa Assembléia, e a até a setorização, tudo é fruto do Concílio Vaticano II. Então, depois do Concílio os bispos que participaram, voltaram com a missão de adaptar as novas orientações apresentadas pelo conciliares. Sendo assim, os bispos das Igrejas continentais, reuniram–se com seus episcopados buscando essas adaptações, surgindo assim o CELAM (Conferência Episcopado Latino-Americano). A V Conferência aconteceu em Aparecida - SP.  A grande exortação foi todos batizados são discípulos e missionários de Jesus Cristo a serviço da vida, ressaltou Pe. Agenor.

Apresentando as cinco urgências das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, (DGAE / 2011-2015), enfatizou que a resposta da Igreja do Brasil para um estado permanente de missão, formar comunidades de comunidades, favorecer os estudos bíblicos, a iniciação a vida cristã, a vida plena para todos, concluiu o assessor, dizendo que a Setorização é um instrumento que a Igreja encontrou para por em prática o espirito proposto pela V Conferência Latino Americana.

Logo após, dividido por serviços inter-paroquiais onde foram apresentados os frutos do trabalho da caminhada de 2012, as sugestões e propostas para 2013.

No domingo iniciamos com a Celebração Eucarística, presidida pelo Padre Jocerlei, dando assim inicio ao 2º dia de atividades. Durante a celebração o presidente da celebração nos motivou a sermos a Coroa do Advento: unidade sem fim e que nos leva ao Deus Conosco, o Emanuel.

Nos encaminhamentos, retomando o que foi considerado no dia anterior, Pe. Jocerlei, que conduziu os trabalhos e encaminhamentos enfatizou que: “Em nossas paróquias há muita vida. Porém, precisamos nos sentir cada vez mais envolvidos, e cumprir com aquilo que assumimos principalmente nas assembleias e reuniões”. E diz ainda que temos que buscar incansavelmente a unidade, que é o grande desejo de Cristo e também de São Vicente Pallotti. Tal importância foi enfatizada ao dizer que estamos inseridos numa Igreja Particular, isto é, na Arquidiocese de Campo Grande, MS. A mesma tem um Diretório de Pastoral e um Plano Pastoral Diocesano. Na Assembleia Diocesana de 2010, a grande motivação foi para que as paróquias elaborassem seu Plano Pastoral Paroquial e dentro dele estabelecer prioridades e desenvolve-los através de projetos. A nível inter-paroquial, estabelecemos no mesmo ano as seguintes prioridades: A catequese de iniciação a vida cristã; os jovens através do Despertar e Projeto Pessoal de vida; promover o Dízimo consciente, regular e integral; a Liturgia interligada com os MECE’S.

Seguiu o Pe. Jocerlei, mencionado que tivemos muitas alegrias no trabalho pastoral inter-paroquial em 2012. Exemplos são: Pastoral Familiar e seus trabalhos com os noivos e a Legitimação; o Despertar como grande instrumento de evangelização aos jovens. O desafio é como acolher e envolver estes jovens nas comunidades e pastorais. Para isso, após intervenções dos participantes, os jovens apresentaram a proposta para o ano de 2013, onde se fará apenas um Despertar e procurarão resgatar os que já vivenciaram através de encontro denominado ASSUMIR. Destacou-se que o ano de 2013 é um ano focado para o tema juventude tendo em vista a CF, Semana Missionária, a Jornada Mundial da Juventude e o Dia Nacional da Juventude. Ficou bem expresso que é um momento da Igreja e não somente para os jovens. Todos estarão empenhados nas atividades mencionadas.

Destacou-se a ainda o trabalho da Pastoral do Dízimo. É notável o crescimento, esforço e participação das paroquias quanto à linguagem, produção de material e organização que se dá a nível de Forania.

Falou muito sobre a JMJ Rio 2013 e sobre o Ano da Fé, quando foi dado conhecimentos sobre o Projeto Ano da Fé na Arquidiocese que terá três níveis: paroquial, forania e diocese. Um gesto concreto será a aquisição do Catecismo da Igreja Católica. Recordando que o Santo Padre, o Papa Bento XVI convocou este ANO DA FÉ, para reavivar a nossa fé em Jesus Cristo.

Dando sequencia aos trabalhos foi aprovado o cronograma para 2013 a nível Inter-paroquial. Os Padres, junto com as Irmãs, segurando cada um a imagem do seu Padroeiro, deram a bênçãos aos participantes. Em seguida foi tirada uma foto para registrar mais este momento histórico-pastoral da caminhada palotina. Encerramos com um delicioso almoço.

Texto: Wellington Gonçalves Vaz Linhares

Paróquia Santa Rita de Cássia

Fotos: João Batista/PASCOM SANTA RITA